Apenas as flores.


Serio eu acho que sou louca, verdade não pode haver outra explicação para o que fiz neste último mês, por que eu pessoa em seu juízo normal não varia estas coisas, serio  quem abandona a sua cidade com dois filhos um com menos ainda bebê com apenas alguns messes de idade e outros com três anos, deixa um emprego de dar inveja a muitas pessoas e se muda para uma nova cidade onde você munda vive ou conhece alguém que vive lá, sim eu fiz isto.

Todos que viam a minha vida de fora deviam achar ela perfeita, minha filha mais velha era um doce de criança não me dava muito trabalho não fazia birras ou coisas do tipo, para uma criança de apenas três anos de idade ela é extremamente inteligente eu desconfio que talvez realmente ela esteja fora da normalidade para a idade. Meu bebê bom não se pode esperar muito de um bebê de sete messes de idade saudável, com um ótimo horário dorme praticamente a noite toda uma criança calma como a irmã mais velha fora nesta idade.

Meu casamento fora uma festa de dar inveja um cerimonia belíssima com uma homem lindo cobiçado por muitas, era gentil tinha um emprego tão invejado quando o meu, nossa casa era linda quarto quartos, uma sala de estar ampla, uma de cozinha com uma mesa com oito lugares, uma cozinha espaçosa, um quintal no fundo perfeito para as crianças brincarem éramos uma família perfeita aos olhos de todos.

Dentro de nossas portas, sobre o nosso teto as coisas não eram tão perfeitas assim, talvez esta fosse a minha real louca deixar todos pensarem o quando a nossa família era perfeita o quando tudo estava bem mas quando nossas portas se fecham e a última visita saia nossa vida não era tudo isto, não era um segredo mas mesmo assim poucos sabiam, eu não podia engravidar, por uma motivos que os médicos não sabiam qual meus ovários não produziam óvulos minhas gestações aconteceram através de inseminação artificial, não falo muito sobre não por vergonha mas as pessoas quem compreender o que aconteceu cominho e é algo que nem um médico soube me explicar e ouvir as teorias das pessoas é meio cansativo. Isto não foi um segredo para meu marido eu sobe disto logo cedo por questões hormonais da adolescência causados por este problema, ele aceitou a fato de eu não pode engravidar de forma natural e aceitou a inseminação sem problemas.

Até o nascimento de nossa primeira filha o nosso casamento realmente era esta perfeição toda que as pessoas viam, meu marido sempre me esperava em casa com uma flor, sempre me dava um beijo apaixonado quando eu entrava em casa, nossa casa sempre fora um lugar alegre de risos o tempo todo, eu percebi que algo mudara quando nossa filha completou o seu uma ano de idade, não havia mais flores quando eu chegava em casa, não havia mas risos muito menos beijos apaixonados. Eu sentir a indiferença dele quando disse que queria engravidar novamente, mas ele aceitou fazer todos os procedimentos necessários sem reclamar talvez fosse minha imaginação, afinal criar um filho e algo cansativo talvez as mudanças fossem apenas isto.

Sim eu estava louca em achar que era apenas uma fase que um segundo filho iria trazer a alegria de volta para a nossa casa que o tempo iria consertar o que estivesse errado, sim minha loucura começara ali neste momento nesta hora em que vi que algo estava errada e preferir arrumar uma desculpa para aquela situação preferir aceitar aquela mentira do que fazer algo para notificar aquela situação sim neste momento eu deveria já estar louca.

Quando nosso menino nasceu minha ideia louca pareceu estar certa nas primeiras semanas as flores reapareceram, mas foram apenas as flores, e foram apenas por algumas semanas. Comeu novo bebê nos braços por algum motivo que eu não sei explicar começou a ficar difícil continuar a mentir para mim, está tão claro que minha vida estava quebrada minha família não era perfeita, eu sabia onde estava ela estava quebrada eu apenas não sabia com consertar.

Eu tentei perguntar para meu marido qual era o problema, ele simplesmente deixou de falar comigo deixou de brincar com nossos filhos, passava a maior parte do tempo fora de casa chega as crianças estavam dormindo eu já cansada de cuidar dela, minha licença estava para terminar eu iria precisar voltar a trabalhar e me sentia sozinha abandonada mesmo com meu marido ao meu lado todas as noites sem me contar qual era o problema sem me ajudar a consertar o que se quebrou eu estava me desesperando aquele não era a pessoa pela a qual me apaixonei aquele não era o homem que jurou me amar por toda a nossa vida e nada que eu fazia o trazia de volta nada consertava o que se quebrou.

Por vario momento eu pensei estar delirando que estava vendo defeitos onde não existiam mas ele estava cada fez mais distante e a nossa farsa já era algo do conhecimento de muitos, isto eu soube quando minha irmã veio me visitar e começou a perguntar coisas sobre meu casamento meu marido as pessoas sabiam o que estava errado e minguem tinha coragem de me falar, talvez por pena, talvez por medo de serem responsáveis pelo o fim de nosso casamento.

Mas eu descobrir o motivo no dia que retornei ao trabalho sim é isto que você deve estar pensando ele me traia, com a vizinha que se mudara um mês após a aniversario de um ano de nossa filha, mas não fora apenas isto ele perderá o emprego no mesmo período todo aquele tempo quando ele saia de casa ia  apenas para algumas poucas casa após a nossa colocava o carro na garagem e passa o dia lá fingindo que trabalhava, por escolha dele nossas contas do banco eram separadas eu era responsável por algumas contas da casa ele por outras, quem pagava a dele era ela.

O mais louco nisto tudo e que saber a verdade não doeu, chorei sim fiquei triste por saber que não tinha conserto mas aliviada por saber que o problema era apenas dele, ele deve medo de me falar a verdade ele foi o covarde, então me decidir pegaria meus filhos me mudaria e ele poderia ficar apenas com ela. Achei que ele iria reclamar quere ficar com as crianças ele foi indiferente me deixou partir com elas sem reclamar, sei que poderia exigir uma pensão talvez esta fosse a loucura eu não queria nada dele queria uma vida completa sem amaras do passado ele sabe para onde fui quando tiver coragem poderá rever os nosso filhos eu apenas não quero um pai indiferente para as crianças isto poderia ser pior do que um pai inexistente.

Sim eu sou louca, sim eu fiz uma loucura, mas agora posso ver o meu sorriso no espelho novamente, posso ver o sorriso no rosto de minha filha. Sim eu sou louca pois ser louca é melhor do que viver uma grande mentira.

  

Entre no nosso apoia.se e ajude a aumentar os conteúdos dos blogs e do nosso Instagram https://apoia.se/eumaiseumaisalguem

bloom blooming blossom blur
Foto por Pixabay em Pexels.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s