O Renascer


Queria um tempo longe de minha vida, precisa me recuperar, precisava esquecer o que me acontecer, esquecer a traição de meu ex marido, então tirei férias, não planejei muito apenas escolhi um local para conhecer que fosse completamente diferente de tudo o que conhecia, que tivesse muitas coisas para conhecer e para fazer.

Fui para uma cidade do interior onde anos atrás existiu algum tipo de civilização antiga, ruínas de antigas cidades estavam espalhadas por toda aquela cidadezinha, alguns prédios públicos eram a reconstrução das construções daquela civilização, além disso próximo aquela cidade existiam parques de diversão e parques naturais com trilhas e cachoeiras, eu teria coisas diferentes para fazer a cada dia deixar a minha mente o meu coração descansarem de tudo o que aconteceu por um tempo para conseguir começar a me recuperar.

Estava passeando por uma das ruínas, não procurei  guias nem grupo para ir até lá, eu já conhecia a historia daquela civilização e naquele dia eu precisa ficar sozinha, precisava de um tempo para mim, era uma ruina que estava mais bem conservada, a maior parte das paredes daquele prédio ainda estavam de pé, eram naquele dia estava ocorrendo um festival na cidade a maior parte das pessoa estavam lá, então aquele lugar estava vazio, me sentei sobre uma pedra coloquei os meus fone e fiquei ali ouvindo a minha música tranquila.

  Não sei exatamente quando tempo fiquei ali sentada, sentir o sol deixando de me aquecer e vi as primeiras estrelas daquela noite surgirem no céu, a bateria do meu celular começou a enfraquecer estava na hora de volta para o hotel, desliguei a música e desci da pedra. Naquele momento tive a certeza de ver alguma coisa passando por de trás de uma das paredes, era um vulto pequeno podia ser um animal ou uma criança perdida revolvi dá uma olhada antes de deixar o local.

Quando passei para o outro lado da parede vi um alçapão aperto, as pedra que deveriam estar em cima acumuladas atrás dele, olhei pelo buraco uma escada circular, estava escuro lá dentro eu não conseguia ver a profundidade não parecia ter qualquer tipo de iluminação, seria loucura? Sim era uma grande loucura descer por aquela escada, mesmo assim eu desci.

Não sei exatamente o motivo que me fez descer, assim que vi aquele passagem algo em mim me falou que eu precisava descer, que eu precisava encontrar o que estava lá em baixo, que seria ai que eu descobriria quem eu realmente era que toda a dor pela qual passei ate aquele momento iria simplesmente se acabar.

Cheguei ao final da escada sem medo, estava em um corredor iluminado por alguns castiçais, iluminação fraca o suficiente apenas para guiar o meu caminho até o final do corredor, em nem um momento eu senti medo por estar ali eu sabia que estava no lugar certo, que estava onde deveria, cheguei em uma sala comprida, com sofás e mesas e estantes espelhadas por todos os lugares, não vi minguem nela entrei com calma minguem apareceu para me impedir ou questionar o por que estava lá.

Quando cheguei no centro da sala, alguém apareceu atrás de mim sentir presas em meu pescoço, sentir minha vida deixando o meu corpo, mas não era um coisa ruim eu sabia que não seria o meu fim, desmaiei nos braços daquele desconhecido sentindo um prazer inexplicado de quem sabia que iria morrer, de quem sabia que iria renascer para algo novo. Um prazer que que nunca sentir antes o prazer de saber que estava exatamente onde eu seria feliz.

Acordei em uma cama em um quarto luxuoso, com uma cama enorme com lenções de cetim estava viva, estava bem, eu não era mais a mesma, eu finalmente estava completa eu finalmente estava onde devia eu finalmente estava no meu lar, eu estava morta, minha antiga vida se acabara de forma cruel, mas mesmo ali naquele quarto eu sabia que era o início da minha vida onde minguem mais poderia me machucar, onde eu finalmente poderia ser quem eu era sem medo, eu renascia no meu verdadeiro lar, me levantei daquela cama e me juntei a minha nova família sem medo e sem dúvida, apenas precisava curtir cada momento daquela minha nova e única vida pois eu sabia que tudo o que vivi antes era apenas um pesadelo sem fim que me preparava para aquele despertar, para aquele renascer.      

 Entre no nosso apoia.se e ajude a aumentar os conteúdos dos blogs e do nosso Instagram https://apoia.se/eumaiseumaisalguem

Nós siga no Facebook para receber notificações de todos as postagem dos blogs e novidade https://web.facebook.com/EuMaisEuMaisAlguem/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s