O verão


Nunca gostei da noite, a lua nunca me atraiu sempre tive medo de sair a noite quando criança, o sol sempre foi o que me dei força o que me inspirou, o calor do sol era a minha força, fui morar em uma casa a beira mar, abri um restaurante com mesas ao lado de fora, minha cozinha tinha uma grande janela com vista ao  mar com uma porta para que eu pode sair e sentir o calor do sol sobre a minha pele, sentir o cheiro da brisa do mar se misturando com o cheiro da comida. Aquele sem duvida era o meu lugar, mora no andar de cima do restaurante uma casa simples de dois quartos, uma grande cozinha uma sala com uma grande varanda com vista para o mar, era o meu lugar favorito da casa onde passava meu tempo lendo livros de culinária para levar novas receitas para o restaurante onde eu servia apenas o café da manhã e o almoço a noite eu gosta de estar em minha sala descansando.

Deixar a cidade onde nasci, que o sol raramente aparecia no meio das nuvens de chuvas, o verão tínhamos apenas alguns dias de calor, a única coisa agradável lá era os meus pais e irmão mas felizmente ele preferiam vir ate a minha casa sentir o que era verão de verdade por alguns dias, eu era o oposto de minha mãe, ela vinha me visitar mas era uma amante da lua, passava a maior parte do dia em casa, as vezes descia para ficar no restaurante mas sempre ficava do lado de dentro, minhas irmãs aproveitavam o dia na praia, mas claramente se sentiam melhor  a noite, meu pai como eu era um amante do sol, curtia o dia comigo, ele que incentivava as minhas irmãs a aproveitarem a praia, as vezes minha mãe nos olhava da varanda.

 Foi no meu aniversario de trinta anos que descobri o que me fazia me sentir bem ao sol, eu nunca abria o restaurante no dia do meu aniversario não importava em qual dia da semana ele caísse, aquele dia era para ficar coma minha família. Aquele ano minha mãe preparou um almoço, o cheiro estava bom, a meu amor pela cozinha eu herdei de minha mãe, ela era dona de um restaurante em nossa cidade, foi com ela que aprendi a cozinhar. Minhas irmãs que são três e quarto anos mais velhas do que eu estavam super animadas com o almoço de minha mãe, no dia anterior elas saíram para procurar um local para almoçamos. Eles escolherem uma colina a beira mar, um local conhecido na cidade entre os casais muitos iam lá para ver o nascer e o por do sol, o nascer pelo o mar era o momento que eu mais gostava, na gora do almoço estava sem minguem.

Minhas irmãs e meu pai forma mais cedo levaram alguns arranjos de flores, almofadas uma pela toalha foi colocada no chão o sol estava quente extremamente agradável, eu nunca me sentir tão bem como naquele dia, minha mãe fez uma das bebidas especiais dela, ela sempre criava algo especial para a aniversariante algo único e especial para aquele ano de vida. A bebida daquele ano era dourada, tinha a mesma energia que sentia do sol, quando a bebi sentir o meu corpo se aquecer, me sentir mais forte muito mais confiante, pronta para qualquer desafio que pudesse surgir em minha vida. O almoço como sempre foi agradável e descontraído, e como sempre na noite todos voltaram para a casa.

Aquela noite eu dormir mais cedo por algum motivo eu estava mais cansada do que o normal, coloquei ao lado de minha cama meu presente de aniversario que ganhara de meu pai, um calor com uma pedra do sol para me proteger, um pedra laranja oval com pequenos rubis em torno dela, a corrente era feira de ouro, a primeira vista parecia algo chamativo e briga, mas quando ele colocou em meu pescoço eu me sentir tão bem, ele realmente me passou um sensação de proteção que eu não soube descrever, eu era mais poderosa quando ele estava em meu pescoço, deitei em minha cama e adormeci rapidamente.

Acordei após um sonho conturbado e confuso, não conseguia me lembrar o que senhora, estava como coração acelerado, confusa, assim que acordei sentir a necessidade de pegar o meu colocar de colocá-lo, o fiz sem pensar, me acalmei ou sentir o colar em meu pescoço, deitei novamente na cama quando estava quase adormecendo novamente ouvi um barulho vindo da varanda, provavelmente um pássaro noturno eles costuma se dependurar no varanda, então outro barulho mais próximo alguém entra na minha casa, me levantei, na ponta do pé sai do quarto, o barulho vinha da sala. Vi um vulto, não era humano, sentir algo estranho ao ver aquele vulto, meu coração se acelerou, uma luz começou a brilhar na sala, vinha de onde a coisa estava eu não consegui ver o que era, mas tinha certeza que não era algo bom que estava ali para me destruir, apertei o meu colar com força algo em mim me dizia que o colar iria me proteger, outro vulto surgiu um gato ele miou alto o vulto estranho mudou de posição, a luz se apagou eu vi ele correr para a varanda, está escuro não consegui ver o que era, corri para acender a luz.

Quando me virei sobre o balcão da cozinha estava um gato com pelo dourado,  peludo e grande, olhos avermelhados, ele me olhava fixamente eu não sabia de onde ele vinha mais sem duvida ele salvara a minha vida, me aproximei ele permaneceu ali parado me encarando olhando nos meu olhos, era estranho mais eu sabia que não precisava ter medo dele, ele me passava a mesma sensação de proteção que o meu colar que me passava, uma energia completamente diferente da que sentir vindo do outro vulto, me sente no banco de frente a ele sorri levemente para ele, então eu o ouvi em minha mente, não sei explicar como mais sabia que era ele falando comigo.

Sou o seu familiar, grande bruxa do verão, enquanto estiver com o meu colar irei lhe proteger dos demônios e lhe ensinar magia.”        

Entre no nosso apoia.se e ajude a aumentar os conteúdos dos blogs e do nosso Instagram

https://apoia.se/eumaiseumaisalguem

Nós siga no Facebook para receber notificações de todos as postagem dos blogs e novidade 

https://web.facebook.com/EuMaisEuMaisAlguem/

Entre também no nosso discord para discutir sobre as nossas histórias, sobre suas habilidades de escrita e trocar ideias sobre nossas histórias e trabalhos.

https://discord.gg/4k38Jdu

Entre na nossa comunidade:

https://www.orkut.br.com/MainCommunity?cmm=72750

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s