O fantasma.


Um sussurro, tudo começou com um sussurro, um arrepio inexplicável em minha nuca, um sussurro na calada da noite. Eu estava em casa a velha casa na qual cresci, a velha casa que viu os meus primeiros passos, ouviu as minhas primeiras palavras, minha velha casa. Meus pais já não moram mais nela, se mudaram … Continue lendo O fantasma.

A colheita     


Noite de lua cheia, sempre me fascinou, eu cresci em uma cidade grande era impossível realmente apreciar a lua e as estrelas, então quando me formei resolvi-me mudar para uma cidade do interior. Como dinheiro que juntei durante a faculdade e no ano seguinte que me formei trabalhando duro com muitas horas extras comprei uma … Continue lendo A colheita     

Maior que o necessário.


Eu estava literalmente furiosa no banco de trás de o carro, estávamos nos dirigindo para uma região extremamente quente do pais e mesmo assim eu estava com uma blusa de frio com um capuz cobrindo o meu rosto, meu irmão mais velho estava no banco do passageiro da frente enquanto nossa mãe dirigia o carro, … Continue lendo Maior que o necessário.

A casa.


Sempre morei em uma cidade grande meus pais eram pessoas simples que trabalharam dura para garantir a educação de seus filhos, me formei estilista, não  exatamente o por que fiz isto mas ao terminar a faculdade decidi que o melhor para o meu trabalho era me mudar para um cidade do interior, onde criei um … Continue lendo A casa.

Paralisia do sono.


Acordei no  meio da noite mais uma vez, aquele velho pesadelo, estavam piores nos últimos messes, a paralisia do sono sempre vem junto, a angustia de não conseguir me mexer na cama, as imagens do pesadelo se misturando com a realidade do meu quarto, eu sei que é apenas um pesadelo eu sei que não … Continue lendo Paralisia do sono.

O crime Macabro.


Meu trabalho me coloca no centro de coisas horríveis, coisa com as quais muitas vezes tenho pesadelos, já estou acostumada com o horror. Mas o que eu vi aquela noite passou dos limites que eu conhecia, o que eu vi aquela noite mudou tudo em minha vida, todos os crimes que já havia investigado até … Continue lendo O crime Macabro.

A viajem para Praia.


Coisas impossíveis podem acontecer, coisas loucas e que minguem acredita ser real antes de presenciar algo assim, eu passei a acreditar no impossível talvez através de uma das piores situações para que o impossível se tornasse possível. Eu tinha meus dezesseis anos ganhara meu primeiro carro, um carro simples usado mas meu, ele era preto … Continue lendo A viajem para Praia.

A corrida noturna


Eu moro em uma cidade tranquila, um crime aqui é algo extremamente raro, as vezes me sinto morando em outro mundo quando vejo o noticiaria e as coisas que acontecem em outras cidades, e por conta disto eu tenho o habito que só é possível neste cidade de correr no parque durante a noite, a … Continue lendo A corrida noturna

A fazenda.


Nasci em uma pequena cidade do interior, uma cidade com varias historias de terror e relatos de pessoas que presenciaram um acontecimento sobrenatural, um besteirol total do qual nunca tive interesse, nem uma destas historias me convenciam ou me deixavam com medo a noite, cresci, fui estudar na cidade grande e depois encontrei um emprego … Continue lendo A fazenda.

Sem sorriso.


Parecia uma noite comum, estava caminha pela rua de minha casa sentindo a brisa em meu rosto, me sentia tranquila, cheguei em casa um pouco mais trade do que o comum fui tomar um banho para relaxar, não estava preocupada com o horário o dia seguinte eu não precisaria ir para o trabalho, podia sentar … Continue lendo Sem sorriso.