A beira mar.


Estava na preia quando vi pela primeira vez, sentia o sol sobre a minha pele, tinha me dado, alguns minutos de passas naquela semana conturbada, crises após crises no trabalho, eu estava acabada e não consegui compreender como as coisas poderia estar dado tal mal assim, primeiro um surto de gripe em uma escola infantil … Continue lendo A beira mar.

O julgamento


  Era um dia comum em minha vida, um dia como outro qualquer, acordei no meu horário habitual, fui para faculdade assistir a minhas aulas mais tediosas depois fui para o meu estágio, minha rotina não esperava nada se especial naquele dia, estava levemente aliviada por saber que estava chegando ao final do meu curso … Continue lendo O julgamento

O espelho.


Nasci em uma família estranha, sempre me sentir de fora, rejeitada, deixada de fora por algum motivo, meus pais nunca me trataram mal, eu estudava em uma boa escola, tinha uma vida confortável, mas claramente ele gostavam mais dos meus irmãos mais velhos, eles me davam o básico, mas amor carinho, atenção isto era apenas … Continue lendo O espelho.

O furacão


Estava voltando para a casa após um longo dia de trabalho, a cidade estava uma loucura por conta de um furacão que se aproximava, precisei ficar na minha pequena loja de roupas até mais tarde para preparar as coisa para a passagem do furacão, no caminho até o ponto de ônibus eu já conseguia sentir … Continue lendo O furacão

Festival de primavera.


Eu tive um sonho, um sonho macabro, daqueles que você acorda suando frio, com o coração acelerado. Eu tive um sonho que me apavorou, acordei sentindo o meu corto tremendo minha única lembrança era o medo, a pavor, o pânico, mas era apenas um sonho em poucas horas eu já estava bem me preparando para … Continue lendo Festival de primavera.

O fantasma.


Um sussurro, tudo começou com um sussurro, um arrepio inexplicável em minha nuca, um sussurro na calada da noite. Eu estava em casa a velha casa na qual cresci, a velha casa que viu os meus primeiros passos, ouviu as minhas primeiras palavras, minha velha casa. Meus pais já não moram mais nela, se mudaram … Continue lendo O fantasma.